A Flubetech é uma empresa de referência na Península Ibérica no fabrico, desenvolvimento e comercialização de revestimentos duros, cerâmicos e funcionais.

O nosso objetivo é disponibilizar aos nossos clientes o conhecimento e a tecnologia de revestimentos de última geração, para melhorar a qualidade dos seus produtos e a sua competitividade. Para fazer isso, a Flubetech usa as mais avançadas tecnologias de revestimento em PVD (Magnetron Sputtering), HiPIMS (High Power Impulse Magnetron Sputtering) e revestimentos HT-CVD (Hot Filament-Chemical Vapour Deposition).

Os revestimentos cerâmicos duros da Flubetech oferecem excelentes características de dureza, resistência ao desgaste e baixo coeficiente de atrito. As propriedades dos revestimentos em HT-CVD, HiPIMS e em PVD têm muitas aplicações, tais como matrizes de corte e moldagem, moldes de injeção de plástico e ligas leves, ferramentas de corte em geral, peças e componentes aos quais são exigidas uma elevada produtividade.

A Flubetech também aplica a sua tecnologia de revestimento cerâmico duro na maior parte dos componentes do setor biomédico. São revestidos com sucesso os instrumentos cirúrgicos, componentes de próteses dentárias, parafusos e implantes.

Desde 2006, a Flubetech mantém o seu compromisso com a indústria, seguindo o avanço tecnológico e desenvolvimento de novos revestimentos duros e suas aplicações industriais, para satisfazer as necesidades do mercado.

Evolução da Flubetech

2006        – Fundação Spin off de IQS School of Engineering

– Prémio Empreendedores Caixa Manresa 2006

2009         – Nova fábrica de revestimentos em CVD em Terrassa

2010         – Incorporação da tecnologia PVD Sputtering

2012         – Início do processo de internacionalização

– Expansão de novas tecnologias de revestimento em PVD

2013         – Expansão em 70% da capacidade de produção

2014         – Certificação ISO 9001/2008 e ISO 13485/2012

2015        – Transferências para as novas intalações em Castellar del Vallès

2016        – Expansão  da capacidade de produção

2017        – HIPIMS incorporação de tecnologia em instalações Castellar del Vallès